terça-feira, 21 de junho de 2016

Seminário 10 Anos de Ciência Aberta no IPB - Conclusões






Decorreu no dia 20 de junho de 2016, no Instituto Politécnico de Bragança (IPB), no Auditório da Escola Superior de Tecnologia e Gestão, o Seminário: 10 Anos de Ciência Aberta do IPB (Vídeo). A sessão foi organizada no âmbito da celebração do 10º aniversário da Biblioteca Digital do IPB.
A sessão de abertura foi efetuada pelo Prof. João Sobrinho Teixeira, Presidente do Instituto Politécnico de Bragança e pela Prof. Maria Fernanda Rollo, Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.


Como conferencistas esteve presente Eloy Rodrigues, Diretor dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho e Presidente do COAR e Vasco Vaz, Fundação para a Ciência e Tecnologia


O Presidente do IPB,  Prof. João Sobrinho Teixeira, disse: ... "mostra o espírito desta instituição e a posição que tem tido em relação à investigação. Fez referência ao número de downlods do repositório, dizendo que é um referência e um caso de sucesso quer a nível internacional quee a nível nacional. Concliu dizendo que uma política que iremos continuar." De seguida assinou a nova Política de Acesso Aberto de Publicações Científicas na Biblioteca Digital do IPB. 



A Prof. Maria Fernanda Rollo, Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, elogiou a Biblioteca Digital do IPB referindo a iniciativa e a competência com que o fez, referiu indicadores estatísticos do repositório. Falou da ambição de criar uma Política Nacional de Ciência Aberta, referindo que: “temos como consigna fundamental de ciência em Portugal, uma política de conhecimento para todos…”. Concluiu, felicitando a iniciativa dos Serviços de Documentação e Bibliotecas do IPB, dizendo que as Bibliotecas são interfaces privilegiados de partilha, de transferência e translação do conhecimento, sendo serviços de extensão, trazendo para o seu seio as pessoas que estão fora da academia.

Já a Coordenadora dos Serviços de Documentação e Bibliotecas do IPB, Clarisse Pais, apresentou uma comunicação sobre: Biblioteca Digital do IPB: 10 anos ao serviço da informação científica. Dignificou o sucesso nacional e internacional que a Biblioteca Digital do IPB possui, salientando os mais de seis milhões de downloads e os 92% de documentos depositados em acesso aberto. A nível internacional evidenciou o estudo efetuado pelo projeto Pasteur4OA, que coloca o IPB em segundo lugar, a nível mundial, em termos da taxa de depósitos de artigos presentes na WoS entre 2011-2013, de referir que esses artigos estão em acesso aberto. A pensar numa abertura do repositório à comunidade em geral, mostrou uma coleção que se chama Repositório de Memória Regional, onde podem ser depositados documentos com interesse para a cultura regional, que sejam de domínio público, ou por quem detenha os direitos de autor.





Na Mesa Redonda, moderada pelo Vice-Presidente do IPB, Prof. Orlando Rodrigues, constituída por dois investigadores do IPB (Isabel C.F.R. Ferreira e Paulo Leitão), a Diretora do Museu Abade de Baçal (Ana Maria Afonso), dois empresários (Óscar Gonçalves e José Amaral) e Clarisse Pais, foi discutida a importância da Biblioteca Digital do IPB e como poderão as empresas e instituições regionais beneficiar da produção científica disponibilizada em acesso aberto. O IPB foi confrontado com ideias interessantes para o desenvolvimento de novos serviços associados à Biblioteca Digital do IPB.
Tendo em conta as excelentes intervenções e a importância para toda a comunidade científica, este Seminário foi notável e contou com uma assistência de docentes, investigadores, funcionários do IPB e elementos da comunidade local.
Considerando a experiência do IPB, as políticas da Comissão Europeia, a Política de Acesso Aberto da FCT e as Diretrizes para Políticas de Acesso Aberto para instituições que realizam investigação científica, do projeto PASTEUR4OA, o IPB entendeu atualizar a política de Acesso Aberto para as publicações científicas produzidas na comunidade académica. A nova Política, foi assinada no início da sessão de abertura e pode ser consultada em: http://www.ipb.pt/go/i090
Sendo hoje a Biblioteca Digital do IPB um manifesto caso de sucesso e uma referência no contexto nacional e internacional, pretende-se agora abri-lo à Comunidade em Geral, aumentando a sua visibilidade junto das empresas e equacionando novas formas mais facilitadoras do acesso e disponibilização da informação contida no repositório.
Parabéns à Biblioteca Digital do IPB e aos seus investigadores.

Fomos notícias em:  https://blog.rcaap.pt/2016/06/22/seminario-10-anos-de-ciencia-aberta-do-ipb/



Sem comentários:

Enviar um comentário